sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

FOTOGRAFIAS

MANSOA - I



De 15/01 a 04/03/70

Em 15 de Janeiro de 1970, deu-se a rotação da CCaç. 2587 com a CCaç. 2588. Foi neste período que a CCaç. 2587 esteve na intervenção.
Não foi longo o período que a companhia esteve na intervenção, mas foi um período difícil. Todos os dias estávamos fora do quartel, eram capinagens, emboscadas e principalmente as nocturnas, patrulhas de combate, golpes de mão, patrulhamentes às colunas de reabastecimento e eram as operações a nível de companhia e de batalhão.
O tempo que tinha-mos disponível era para descansar. Do tempo que passei por Mansoa só tenho uma única fotografia.
A maior parte das fotografias deste "post" são do camarada César Dias, que até ao momento foi o único camarada do batalhão a disponibilizar as suas fotos para publicação o qual agradeço desde já a sua amabilidade, algumas das fotos são dão internete.



Foto 1 - Mansoa - 1970, junto ao abrigo do morteiro, o primeiro da esquerda é o Fradeira, enfermeiro, deixou de comparecer aos encontros anuais, eu estou sentado à direita, os outros não me lembro, o que está em pé era atirador e sei que era de Lisboa (salvo erro trabalhava numa alfaiataria)

Foto 2 - Vista aérea de Mansoa (César Dias)

Foto 3 - Vista do Quartel, com os dois depósitos de água instalados para substituir o anterior derrubado pela árvore de grande porte que lhe caiu em cima, é visivel ainda o tronco (César Dias)


Foto 4 - Interior do Quartel, edificios de comando e secretarias (César Dias)


Foto 5 - Edificio dos correios de Mansoa em 1970 (César Dias)


Foto 6 - Sede do Clube de Futebol "Os Balantas" (César Dias)

Foto 7 - Casa da Administração de Mansoa (César Dias)



Foto 8 - Vista da ponte na época das chuvas (César Dias)


Foto 9 - O transporte do arroz prá bolanha (César Dias)


Foto 10 - Lavagem do arroz para ser transplantado na bolanha (César Dias)


011 - Estrada Mansoa-Tabanca do Cussaná

2 comentários:

Cesar Dias disse...

Rodrigues, esta ultima foto é dum pescador vendendo peixe na estrada do Cussaná

Abraço
César

Cesar Dias disse...

Rodrigues, na foto nº1 reconheço o Morais, acho que era Furriel da tua companhia, nunca mais o encontrei, estive com ele desde as Caldas onde démos instrução ao CSM,depois em Santa Margarida, e em Mansoa onde nos encontrávamos quando vinham ao Quartel.Se por acaso tiveres noticias dele, vê se me arrajas o contacto.
um abraço
César